Tecnovida - Material Médico-Hospitalar

Fone: (81) 3453-9643

Orientações técnicas

Aqui você encontra algumas orientações importantes que podem ser de seu interesse.

Úlceras de Pé diabético

Complicações com os pés estão entre os mais sérios e custosos problemas relacionados ao diabetes. Aproximadamente 15% dos diabéticos apresentam tendências a desenvolver úlceras de pé em algum estágio de suas vidas. As três principais causas de úlceras de pé no diabético são:

  • neuropatia
  • suprimento deficiente de sangue (isquemia)
  • infecção

Neuropatia
A mais comum das complicações de pé diabético, neuropatia, é causada por nervos danificados na extremidade de membros inferiores. A condição é permanente e pode levar à perda de sensibilidade e pés dolorosos. A perda de sensibilidade aumenta o risco de dano acidental. O tratamento consiste na atenção aos pés, auto-cuidado e calçados personalizados. 

Suprimento deficiente de sangue (isquemia)
A isquemia, uma condição realmente séria, é a principal causa das amputações. Isquemia é causada por circulação comprometida, o que pode ser consequência de arteriosclerose ou oclusão de vasos sanguíneos. Circulação debilitada causa redução no pulso - o pé fica azulado e frio - e isso causa a morte de tecidos e, eventualmente, o desenvolvimento de uma úlcera. O paciente pode precisar de uma cirurgia vascular.

Infecção
O Diabetes pode modificar a habilidade do corpo de combater infecções. Não só são os pés mais suscetíveis a infecções, mas também é mais difícil livrar-se de uma infecção uma vez que ela já está lá. Então é primordial que o paciente seja regularmente assessorado para prevenir e reagir rapidamente às infecções. 

Predomínio
Devido às mudanças no estilo de vida e à média de idade da população, o diabetes aumentou dramaticamente ao longo dos anos. No presente, mais de 246 milhões de pessoas são diabéticas. De acordo com www.idf.org, espera-se que este número aumente para 380 milhões de pessoas ao redor do mundo em 2025. As consequências para a sociedade são enormes. 

Tratamento de úlceras
Evitar as causas principais de uma úlcera de pé e aplicar o melhor tratamento são medidas que ajudarão no processo de cicatrização. Os curativos de espuma promovem o melhor ambiente úmido para cicatrização, e o Contreet / Biatain Ag são indicados para feridas úmidas infectadas.

Contate-nos (81) 3453-9643

Úlceras de Perna

As úlceras de perna são causadas por insuficiência circulatória ou circulação deficinte nas veias da perna. É o tipo mais comum de ferida crônica e constitui até 70% de todas as úlceras crônicas. São divididas em três tipos principais:

  • Úlceras venosas (70%)
  • Úlceras arteriais (10%)
  • Úlceras mistas (10-15%)

Úlceras venosas de perna
As úlceras venosas são causadas por uma disfunção nas válvulas venosas ou uma bomba muscular da panturrilha inadequada. Em ambos os casos, o sangue não é suficientemente retornado para o coração. Isto leva a uma maior pressão venosa, que pode causar edema. Além disso, o aumento do nível de fluido entre as células pode resultar em morte celular, levando a úlceras. É por isso que a terapia de compressão é uma parte essencial do tratamento de úlceras venosas. 

As úlceras venosas são freqüentemente localizadas na área frontal da perna e caracterizam-se por:


  • formato irregular
  • pigmentação de cor castanha na área da pele peri-ulceral (muitas vezes com eczema)
  • pulso normal do pé

Úlceras arteriais 
Úlceras arteriais são causadas por fornecimento insuficiente de sangue para a perna ou pés devido à arteriosclerose. A redução do suprimento de oxigênio e nutrientes para as células pode resultar na morte do tecido, que, por sua vez, leva a úlceras. O paciente pode precisar de cirurgia vascular. É importante notar que as úlceras arteriais de perna não devem ser tratadas com a terapia de compressão. 

As úlceras arteriais são geralmente localizados na área do tornozelo e nos pés e caracterizam-se por:


  • uma forma bastante regular
  • pele peri-ulceral atrofiada e pálida
  • pulso fraco no pé


Úlceras mistas 
Úlceras mistas de perna são causadas por doenças venosas e arteriais. A maioria dos pacientes diagnosticados com úlceras venosas mistas originalmente tinham úlceras venosas e desenvolveram insuficiência arterial com o tempo. 

Predomínio
Segundo o World Factbook da CIA, úlceras de perna afetam quase dois milhões de pessoas, principalmente idosos, na Europa e América do Norte todos os anos. Conforme aumenta o número de idosos, úlceras de perna podem aumentar também - e devem ser tomadas medidas para melhorar o atendimento destes pacientes, tanto nos cuidados primários e cuidados comunitários. 

O tratamento das causas de úlceras de perna e aplicação do melhor tratamento auxiliarão o processo de cicatrização. Biatain Ibu e Contreet / Biatain Ag oferecem a melhor cicatrização de feridas exsudativas e são adequados para uso em compressão.

Contate-nos (81) 3202-0552